A Homeopatia e o suporte emocional para adolescentes

A homeopatia pode atuar de forma específica no tratamento dos transtornos comportamentais humanos, modulando as susce-tibilidades individuais.

  • 15/02/2021 às 14:00:00
  • Fonte: Zulli Vita
[A Homeopatia e o suporte emocional para  adolescentes]
A Homeopatia e o suporte emocional para adolescentes

A adolescência é um período de transformações, descobertas e de busca pela identidade. É uma fase complexa de transição entre a infância e a fase adulta, em que se desenvolvem aspectos físicos (ah, os hormônios!), intelectuais, éticos, morais, afetivos e sexuais. É uma fase crítica, e bastante criticada, aumentando os desafios para os pais e para os filhos .

Essa incerteza causa, em diferentes graus, dificuldades sociais e pessoais, como o declínio no desempenho escolar, distúrbios frequentes de humor, problemas de sono, distúrbios alimentares e necessidade de auto afirmação da personalidade.

O princípio da homeopatia baseia se no fato de que o indivíduo ele é único exatamente pelas diferenças que tem em relação aos outros . A construção da sua história e seus sentimentos em relação a tudo que esta a sua volta faz com que o seu filho seja único e tenha um tratamento individualizado na homeopatia , que pode ajudar os pais e os jovens a transpassarem por esta fase com mais tranquilidade e harmonia, buscando preservar a saúde dos relacionamentos familiares e sociais e amenizar os distúrbios emocionais e comportamentais.

Como podemos ajudar ?

O grande objetivo do adolescente é, o quanto antes, se tornar independente, andar com seus próprios pés e vivenciar suas próprias experiências. Assim, ele busca o tempo todo por respostas objetivas, concretas, orientativas e estimulantes para alcançar seu objetivo.

Por sua vez, a Homeopatia, sendo um modelo de medicina humanizada que valoriza a relação médico-paciente e a complexidade humana, pode ser um interessante ponto de encontro. Por meio de consultas  o homeopata contribui para que o jovem encontre as respostas que procura de forma menos dolorosa, diminui o sofrimento da transformação e da insegurança e ajuda a mostrar ao jovem e a seus familiares que crescer pode ser bom e positivo.

As crises da adolescência devem ser entendidas como um pedido de ajuda. Mesmo nas reações mais agressivas, internamente o adolescente se sente fragilizado. Cabe ao adulto identificar os sinais e agir em conformidade.

Vale a pena conhecer !!!!

  • Compartilhe e Avalie esse Post

  • votos

Deixe seu Comentário! Queremos saber sua opinião!


[Envie seu Orçamento pelo WhatsApp]
Envie seu Orçamento pelo WhatsApp