Câncer de Pele é o mais comum no Brasil: Como Identificar e Prevenir

Câncer de pele é um tumor que atinge a pele, sendo o câncer mais frequente no Brasil e no mundo. É mais comum em pessoas com mais de 40 anos

  • 16/09/2021 às 14:00:00
  • Fonte: Danone Nutricia
[Câncer de Pele é o mais comum no Brasil: Como Identificar e Prevenir]
Câncer de Pele é o mais comum no Brasil: Como Identificar e Prevenir

O Câncer de Pele é mais comum em pessoas de Pele, Olhos e Cabelos Claros e que possuem muitas pintas no corpo

O câncer de pele é o tipo da doença mais comum no Brasil, correspondendo a 30% de todos os tumores malignos, segundo o Instituto Nacional de Câncer. Mas, apesar da alta prevalência, as chances de cura também são grandes quando a doença é detectada cedo.

O que é Câncer de Pele?

Assim como outros tipos de câncer, o de pele é causado pelo crescimento anormal e descontrolado de células que, nesse caso, compõem a pele. Essas células vão se multiplicando repetidamente até formarem um tumor maligno.

Existem diferentes tipos de câncer de pele. Os carcinomas são mais frequentes e menos graves, enquanto os melanomas são os mais graves, porém mais raros. Pessoas acima dos 40 anos e de pele clara, principalmente com olhos claros, cabelos ruivos ou loiros, têm mais chances de desenvolvê-los, sobretudo se têm muitas pintas no corpo.

Além disso, histórico familiar de câncer de pele na família, assim como a exposição contínua ao sol, são fatores de risco para o câncer de pele. Pessoas que vivem em países com o Brasil, que é bastante ensolarado, precisam tomar cuidados redobrados para prevenir a condição, como usar protetor solar e evitar se expor ao sol em horários de pico.

Sintomas do Câncer de Pele

O câncer de pele melanoma (carcinoma) pode aparecer em qualquer parte do corpo, pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Em pessoas de pele negra, a lesão costuma aparecer em regiões do corpo mais claras, como palmas das mãos e plantas dos pés.

Já o câncer de pele não melanoma ocorre com mais frequência nas áreas que ficam expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas. Geralmente, manifestam-se como manchas que coçam, ardem, descamam ou sangram, ou como feridas que não cicatrizam em até quatro semanas.

Ao suspeitar de qualquer mudança persistente na pele, seja o aparecimento de uma mancha vermelha, uma ferida que sangra e não cicatriza ou até mesmo um nódulo, é preciso consultar o dermatologista o quanto antes para um diagnóstico.

O dermatologista irá observar a aparência da lesão, como a sua coloração e forma, e irá fazer uma série de perguntas ao paciente, como há quanto tempo ela apareceu, se incomoda e se há histórico de câncer de pele na família. Depois, poderá solicitar uma biópsia, ou seja, colher uma pequena amostra da lesão e enviá-la apara análise para entender se é um tumor maligno ou não.

Tratamento e Prevenção do Câncer de Pele

O tratamento depende do tipo de câncer de pele. Na grande maioria dos casos, é preciso fazer uma cirurgia para retirar o tumor. A radioterapia também pode ser adotada para combater a doença.

Quando o câncer de pele se desenvolve apenas na camada mais superficial da pele, apenas a remoção cirúrgica da lesão pode curar o paciente. Mas em estágios mais avançados, quando a lesão é mais profunda e espessa, as chances de o tumor alcançar outros órgãos é maior. Esse processo é chamado de metástase. Nesses casos, os tratamentos adicionais são mais prováveis e as chances de cura, menores. Por isso, o diagnóstico precoce é importante.

Para prevenir o câncer de pele, o Ministério da Saúde recomenda evitar a exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h, quando os raios solares são mais fortes. Além disso, quando exposto ao sol forte, deve-se usar a proteção adequada, como óculos escuros, chapéus ou bonés e, é claro, protetor solar. Ele deve ser reaplicado ao longo do dia, caso a exposição seja duradoura.

Por fim, não deixe de consultar o dermatologista uma vez ao ano, principalmente se faz parte do grupo de risco. Ele irá fazer um exame de pele para detectar qualquer problema.

  • Compartilhe e Avalie esse Post

  • votos

Deixe seu Comentário! Queremos saber sua opinião!


[Envie seu Orçamento pelo WhatsApp]
Envie seu Orçamento pelo WhatsApp